Mostrando postagens com marcador CASOS COMPROVADOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CASOS COMPROVADOS. Mostrar todas as postagens

CÓDIGOS OVNIS ALIENIGENAS – TODOS DEVERIAM VER!

UFOLÓGIA: CÓDIGOS OVNIS ALIENIGENAS – TODOS DEVERIAM VER!




Códigos OVNIs Alienigenas - Melhor documentário. Falam tudo sobre Roswell e entrevistas exclusivas com ex militares que participaram do evento...
LEIA MAIS...
leia mais...

Confira a explicação real para 6 supostasaparições de OVNIs e alienígenas

00 - UFOLOGIA ORIGINAIS MOSAICO
Aparições de supostas espaçonaves alienígenas costumam virar notícia no mundo todo, mas as sensatas explicações que surgem após a notícia, definitivamente não recebem a mesma atenção.

leia mais...

Uma Guerra Real Contra os Ovnis ! (Arq)

Uma Guerra Real Contra os Ovnis
Esta matéria está categorizada como Cultura, apesar de referir-se a uma histórica batalha travada em Los Angeles durante a 2ª Guerra Mundial e que teve seis mortos — três por estilhaços e três por ataque cardíaco. A razão para tal classificação é sua estranheza; afinal, nenhum dos inimigos foi visto pessoal ou fisicamente e nem foi atingido. Hoje, passados exatos 70 anos, emerge a face cômica ou paranóica do episódio. O episódio: a Batalha de Los Angeles foi um incidente ocorrido na noite de 24 para 25 de fevereiro de 1942 quando forças militares dos Estados Unidos abriram fogo contra objetos voadores. Não se sabia o que eram. Os EUA estavam em guerra, temerosos de um ataque japonês à costa oeste e a paranoia grassava.
E era compreensível. O ataque de surpresa à base naval de Pearl Harbor, no Havaí, ocorrera há menos de três meses, em 7 de dezembro de 1941, e os norte-americanos estavam em alerta, aguardando um novo ataque.
Mas não havia somente o receio de um ataque japonês pela costa do Pacífico. A população tinha também extremo temor de extra-terrestres. Fazia menos de quatro anos que o cineasta e ator Orson Welles transmitira na rádio da CBS — em outubro de 1938 — uma adaptação de A Guerra dos Mundos, obra de ficção científica de H.G. Wells, escrita em 1898. Welles colocou ruídos estranhos seguidos de sua voz, empostada e calculadamente amendrontada, narrando uma invasão de Marte a nosso planeta. Eles, os marcianos, estariam em batalha com a polícia em Grovers Hill, local próximo a Nova Iorque. Welles anunciou um número incerto de mortes. Em Nova York, quartéis dos bombeiros, postos policiais, hospitais e redações de jornais foram invadidos por multidões. As pessoas estavam apavoradas. O rádio exercia grande influência na população e todos acreditaram na invasão por visitantes hostis, talvez verdes. Várias pessoas se jogaram de janelas, mas também foram explorados outros gêneros de suicídios. Outras, simplesmente saíram histéricas pelas ruas. Para piorar, Welles pôs no ar uma declaração fictícia do secretário do Interior sugerindo que as pessoas deveriam sacrificar suas próprias existências a fim de fazer prevalecer a vida humana na Terra. Passados alguns minutos, Welles retornou anunciando que os monstros estavam próximos de Nova York.
Menos de quatro anos depois, em Los Angeles, o rádio nem precisou divulgar o fato. Bastaram algumas luzes no céu e 100.000 pessoas foram às ruas e 1400 mísseis antiaéreos do exército americano foram disparados. Nada foi atingido.
image
A Batalha
Quem não estava na rua foi acordado pelas sirenes e disparos. Toda a força bélica e os milhares de soldados envolvidos foram inúteis, tudo o que caiu do céu foi aquilo que foi lançado aos ares pela defesa norte-americana. Além dos três mortos, vários automóveis e residências foram danificadas por estilhaços. As autoridades militares não sabiam o que informar à população. As declarações eram bem mais conflitantes do que as da dupla Welles-Wells. Dias depois, não havia mais estimativas confiáveis sobre o número de objetos vistos no céu. Algumas pessoas diziam que era um único objeto que voava a 300 Km por hora. Outros afirmaram que eram vários objetos luminosos. Houve quem afirmasse ter visto esquadrilhas com objetos de tamanhos variados. Tornou-se impossível separar os relatos verídicos das afirmações embaladas pela histeria daqueles dias. Então os militares passaram a negar o ocorrido. Impossível. Sob a a expectativa geral, o então secretário da Marinha, Frank Knox, convocou uma coletiva de imprensa onde afirmou que tudo fora causado por um alarme falso, certamente fruto da tensão da guerra, contudo…
image
no editorial do Long Beach Independent, estampava-se a desconfiança: “Existe uma misteriosa reticência envolvendo o assunto e parece haver alguma censura que está tentando impedir as discussões sobre o fato”. Então, após inúmeras contradições, os militares afirmaram que se tratava de uma exótica operação japonesa, realizada através de aviões que tinham como base um submarino capaz de transportar um (1) caça (imagem abaixo), e que tinham o objetivo de causar medo e atingir o moral dos EUA durante a guerra. Impossível encerrar a questão deste modo. Foi criada uma ficção de apoio: houvera também um ataque de um submarino em 23 de fevereiro a instalações de armazenamento de óleo nas proximidades de Santa Bárbara (litoral da Califórnia), o que comprovaria a presença japonesa. Mas também isto logo foi negado. Nada justificaria uma ação desta natureza, em território inimigo, sem qualquer tipo de auxílio próximo — o mar de Los Angeles estava lotado de navios americanos — e sem que existisse qualquer “benefício” imediato. Pensou-se também em balões japoneses que trariam cargas explosivas. Só que um balão seria facilmente atingido e nada caiu, nem foi destruído. Onde estavam os destroços?
image
A “explicação”
Hoje, os ufólogos tomaram o caso para si. Se não foram aviões nem balões, certamente foi um foo fighter. Tal termo era utilizado por aviadores durante a Segunda Guerra Mundial para descrever fenômenos aéreos misteriosos, considerados OVNIs por eles. O(s) galhofeiro(s) objeto(s) que se desv(iou)(aram) da artilharia norte-americana, negando-se a cair, teria(m) criado “as políticas de acobertamento” de OVNIs, das quais os ufólogos tanto se ressentem.
image
Entrevistado pelo Sul21, o psiquiatra e psicanalista Cláudio Costa interpreta o fato do ponto de vista comportamental: “A Batalha de Los Angeles é interessantíssima por envolver três mecanismos distintos. Em primeiro lugar, houve o efeito do medo sobre o comportamento da massa — Pearl Harbor tinha acontecido há menos de três meses. A massa obedece as leis do inconsciente, age por impulso, sem lógica ou cronologia, por impulso, sem racionalidade, sem pensar nas consequências e inteiramente contaminada por emoções. A surpresa é que o próprio Exército agiu da mesma forma. Sabe-se que o medo se expressa pela fuga ou pela luta. O povo poderia optar pela fuga descontrolada, mas um exército tinha que lutar, ainda mais que estava fortemente armado. O segundo mecanismo foi a denegação do fato, ou seja, eles não apenas queriam negar que bombardearam um inimigo provavelmente inexistente, mas apagar o acontecido e, principalmente, o que tinham visto. Tentavam fazer valer a lei do ‘não há documento, não houve o fato’, apesar do que todos tinham vivenciado e fotografado. E o terceiro é a criação do mito dos discos voadores, que é a tentativa de explicar algo inexplicável”.
-
leia mais...

O incidente de Aurora: 50 anos Antes de Roswell, um UFO maciço caiu perto de Dallas

Acredita-se que em 9 de abril de 1897, um objeto voador não identificado caiu na cidade de Aurora, apenas fora de Dallas, e que um ser humanoide pequeno foi recuperado do OVNI que caiu.
-
tradutor google
-
A cidade de Aurora, no norte do Texas, Estados Unidos, é considerada por muitos como um lugar pouco atraente, onde o tempo parece ter parado.
-
A cidade mais próxima, Dallas, fica a cerca de 30 milhas a leste e as fronteiras a noroeste com as praias do Golfo do México.
-
O maior negócio da cidade é uma estação de serviço que raramente está aberta.
-
No entanto, a cada verão, um grande número de turistas norte-americanos são atraídos por uma história misteriosa.
-
Os turistas não procuraram férias ou diversão, mas procuraram os restos de um humanoide extraterrestre que se acredita ter colidido com o seu "OVNI" décadas atrás.
-
Muitos anos atrás, de acordo com algumas histórias e lendas, um enorme navio caiu do céu e um acidente aterrissou em Aurora. Os moradores locais encontraram um piloto dentro da nave espacial e o enterraram.
-
Desde então, muitos grupos de pesquisadores de OVNI chegaram em Aurora para encontrar o corpo ou o que resta disso.
image

Um corte de jornal de uma cidade vizinha cobre o incidente 1897 Aurora, Texas OVNI.
-
Eles cobrem uma extensa rota onde o navio supostamente bateu e analisa inúmeras tumbas no cemitério, com a ilusão de resgatar alguns pequenos fragmentos de osso que sobreviveram ao passar do tempo.
-
Os habitantes da aldeia sorriem com a ingenuidade dos turistas que chegam com a idéia de obter uma lembrança.
Quase todos na cidade pensam que a história do extraterrestre não passa de brincadeira. Mas, ao mesmo tempo, eles admitem que a história está fundamentada em um fato que pode ter alguma verdade.
-
No ano de 1897, os residentes locais relataram grande número de avistamentos de objetos estranhos no céu.
Na mesma época, as pessoas no Texas disseram que viram um OVNI que tinha a forma de um charuto com luzes estranhas, que voavam a uma altitude extremamente baixa.
-
Obviamente, naquela época, os avistamentos de OVNI não tinham maior importância na vila de Aurora. No entanto, em 9 de abril de 1897, um objeto voador não identificado teria descido a alta velocidade do céu, explodindo no centro da aldeia.

image
Artigo de jornal real de Dallas Morning News, 4-19-1897
-
O evento estranho foi coberto pela jornalista FE Hayden, para o jornal de Dallas, que foi informado, por sua vez, por um residente da Aurora chamado TJ Weems.
-
O relatório mencionou que a colisão foi observada e verificada por numerosas testemunhas.
-
Hayden escreveu que o objeto era um OVNI que impactou a propriedade de JS Proctor, um juiz do Texas.
-
Além disso, Weems também disse que a explosão iluminou a cidade como se fosse a luz do dia e espalhou um grande número de fragmentos ao longo de três hectares.
-
Ele também acrescentou que o corpo da tripulação do OVNI foi recuperado e não era deste mundo.
O corpo era pequeno e magro. Foi enterrado no cemitério local.
-
Os locais fizeram uma lápide, e um objeto em forma de charuto foi gravado para distinguir e lembrar o que aconteceu.
-
As pessoas de Aurora agora pensam que esta história provavelmente aconteceu, mas eles hesitam quando perguntado se era verdade que um ser alienígena estava enterrado lá.
-
Eles pensam que o que caiu no centro da aldeia foi simplesmente um meteorito e que Weems e Hayden criaram toda a fantasia.
-
No século passado, a teoria do OVNI quebrou foi apoiada pelo único homem vivo que se lembrou do evento, Charles Stevens, que era então um filho.
-
Ele afirma que seu pai viu algo que caiu na propriedade do juiz Proctor e que "eles encontraram os corpos de dois ou três homens ..."
-
Curiosamente, de acordo com os locais, apenas um suposto corpo alienígena foi encontrado, e não dois ou três.
-
Os anos passaram, ninguém sabia nada mais sobre isso. Eventualmente, a lápide foi roubada do cemitério e o lugar que habita foi perdido com a passagem do tempo, deixando a suposta tumba de estrangeiros completamente desmarcada.
-
Curiosamente, em 2 de dezembro de 2005, os  arquivos UFO primeiro transmitiram um episódio relacionado a este incidente, intitulado "Texas Roswell".
-
MUFON até investigou o caso misterioso. Pesquisadores da MUFO descobriram o marcador grave que parecia mostrar um disco voador de algum tipo, bem como leituras de seu detector de metais.
-
MUFON finalmente pediu permissão para exumar o site, mas a associação do cemitério declinou a permissão.
-
Foi só depois do inquérito de MUFON que o marcador grave desapareceu misteriosamente do cemitério.
-
O relatório de MUFON declarou que a evidência não era conclusiva, mas não descartou a possibilidade de um engano.

-
FONTE
leia mais...

O dia em que um OVNI destrói uma frota de jatos sobrenatológicos supersônicos MIG 21

OVNI MIG 21
Em 1975, um objeto misterioso parecia uma bola brilhante, claramente visível, talvez 10 vezes mais brilhante que a estrela mais brilhante do céu. O UFO mudou a cor incessantemente e quando foi abordado por lutadores supersônicos, o objeto DESAPARECIDO. Os MiG super rápidos não conseguiram se aproximar do OVNI, e muito menos recuperar o atraso.
-
Foi em 1975, quando o general Zvonimir Jurjevic comandante da 172a Força Aérea da Jugoslava e Defesa Aérea testemunhou o que ele descreveu como uma nave espacial do outro mundo.
-
Em janeiro de 1975, os pilotos de sua esquadra se encontrariam com um OVNI, cara a cara, pela primeira vez, quando o enigmático objeto voador explodiu no céu, aparecendo na frente dos caças.
-
"O objeto parecia uma bola brilhante, claramente visível, talvez 10 vezes mais brilhante que a estrela mais brilhante naquela época. O OVNI mudou de cor incessantemente: branco, amarelo, vermelho claro, laranja, e assim por diante ", disse Zvonimir Jurjevic durante uma entrevista de imprensa.

-

Misteriosamente, o OVNI apareceu exatamente 50 minutos em um vôo a cada momento sem falhas, de acordo com o general Jurjevic. Durante o mesmo mês, o OVNI apareceu todos os dias, sempre a 50 minutos da decolagem. Os pilotos até atrasaram deliberadamente seu tempo de decolagem, testaram o fenômeno, mas isso não ajudou quando o OVNI apareceu, mais uma vez, 50 minutos após a decolagem.
-
Um dia, mais precisamente em 25 de janeiro de 1975, o general Zvonimir Jurjevic decidiu ir atrás do OVNI.
-
Exatamente 50 minutos após a decolagem, o objeto voador não identificado apareceu sobre os céus da cidade de Cetinje.
image
O MiG-21 de Mikoyan-Gurevich é um avião de combate a jato e interceptor supersônico, projetado pelo Bureau de Design Mikoyan-Gurevich na União Soviética. Crédito de imagem: Sputnik / Y. Krawchuck
Assim que o lutador MiG Jets começou a persegui-lo, o UFO mudou de direção em direção à cidade de Budva e desapareceu no céu.
-
Este OVNI foi repetido por vários dias e Jurjevic comunicou cada incidente a Belgrado.
Um dia, no entanto, o geral surgiu com uma estratégia diferente, para tentar interceptar o UFO de uma vez por todas.
Dois aviões deveriam decolar, e mais dois aviões de combate deveriam seguir mais tarde, mas decolando de um aeródromo diferente que desejava cercar o ofício misterioso. Os pilotos mantiveram silêncio de rádio durante todo o vôo.
Falando para o Sputnik News , o general Jurjevic explicou a Sputnik News: "Eu apenas estabilizei o vôo em algum lugar de Cetinje, quando de repente o objeto passou por cima de Budva e o tenente Machec viu isso acima da Niksic.
"Eu pedi Machec para permanecer no lugar, e tomou um curso paralelo à costa do Adriático, onde eu tentei estabelecer a que distância o objeto era: resultou que era de cerca de 10 quilômetros.
"No entanto, não me permitiu chegar mais perto disso. Eu reduzi a velocidade - a distância era a mesma. Aumentei a velocidade - ainda eram os mesmos dez quilômetros ".
Dois MiG-21 soviéticos supersônicos chegaram de Belgrado, tentando perseguir o objeto voador não identificado, mas sem sorte.
-
Aproximar-se era literalmente impossível.
-
De repente, a embarcação fugiu a 1700 quilômetros por hora; então, do nada, o OVNI apareceu rejeitando os planos perseguidores; Os MiG super rápidos  não conseguiram se aproximar do OVNI, e muito menos apanhá-lo .
-
Curiosamente, como relatado por Sputnik News, a estação de radar na península de Prevlaka não poderia "ver" o objeto, no entanto, quando os dois MiG-21 soviéticos soviéticos chegaram de Belgrado, os radares jugoslavos conseguiram gravar um sinal estranho no céu.
-
O misterioso encontro dos céus da ex-Jugoslávia continua a ser um dos maiores mistérios da ufologia.



Fonte: UFO vs MiG: Ex-Comandante da Força Aérea Compartilhe Bizarre Com Orbe Voador
[mashshare]
leia mais...

Incidente Kinross: o que aconteceu com Felix Moncla?

image
O Incidente de Kinross é um famoso acidente de aviação que muitos acreditam ser uma prova de um encontro extraterrestre. A história se desenrola no final de novembro de 1953 sobre os Grandes Lagos.
-
O Comando de Defesa Aérea foi ativado em 1946 para oferecer aviso aéreo e defesa aérea para as continentais dos Estados Unidos. O plano era estender o poderoso radar terrestre com unidades de alerta e controle no ar.
-
Em pouco tempo, o Comando de Defesa Aérea cresceu de quatro esquadrões de combate para 93 esquadrões ativos de interceptores de combate da Força Aérea, 76 esquadrões de interceptores de combate da Guarda Nacional da Aérea, vários esquadrões de combate naval, esquadrões aéreos de alerta prévio da USAF e USN, esquadrões de radar, esquadrões de treinamento e numerosos unidades de apoio.
-
O primeiro tenente Felix Moncla Jr foi um piloto da Força Aérea dos EUA em trabalho temporário na Base da Força Aérea de Kinross. Ele tinha mais de 1.000 horas de tempo de voo. Seu último voo foi uma interceptação de defesa aérea que foi coordenada pelo Comando de Defesa Aérea.
-
LEIA A MATÉRIA COMPLETA NO LINK ABAIXO:
leia mais...

O Roswell UFO ainda ele está em uma base norte-americana? (Video)

O Roswell UFO ainda ele está em uma base norte-americana
Não passa um dia sem que os entusiastas localizar objetos extraterrestres misteriosas, mas o mistério da base de Andrews norte-americano, com o mistério de Roswell, ainda permeia as mentes dos ufólogos. Caro leitor, você está pronto para mergulhar neste lugar sinistro?
-
O grupo UFO chamado Seekers UFO ( "Pesquisadores alien"), filmado no território da base militar Andrews US no deserto de Nevada, conhecido como o nome da Zona 51. O objetivo: confira as muitas teorias conspiração que afirmam que esta base de dados é usado para manter os OVNIs que seriam esmagados na região no final dos anos 40.
LEIA MAIS NA FONTE:
https://fr.sputniknews.com/societe/201709061032937666-roswell-base-us/
leia mais...

A TERRA TEM DONO E NÃO SÃO HUMANOS ! OVNIS DERRUBA CAÇA RUSSOS

image
Pelo menos na imaginação de muita gente, os objetos voadores não indentificados são naves de outros planetas. A ciéncia não leva isso a sério, mas algumas aparições nunca foram bem explicadas. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso
leia mais...

OVNI enganou caças russos nos céus da Iugoslávia

OVNI enganou caças russos nos céus da Iugoslávia
Zvonimir Jurjevic, chefe da Força Aérea e da Defesa Aérea da antiga Iugoslávia revelou informações exclusivas que podem permitir desvendar um mistério.
-
Em 1975 aconteceu um encontro extraordinário no espaço aéreo da Iugoslávia, na região dos Balcãs, entre caças MiG russos e…um OVNI. O que é mais importante é que os caças  tentaram acompanhar o objeto voador mas ele os deixou para trás, comunicou Zvonimir Jurjevic à Sputnik Sérvia.
-
De acordo com ele, o primeiro encontro entre os pilotos dos caças e um OVNI aconteceu durante um voo noturno em 1975.
-
"O objeto, que lembrava uma esfera brilhante, bem visível, era 10 vezes mais brilhante do que a estrela mais cintilante naquele momento. A sua cor variava constantemente: branco, amarelo, vermelho claro, laranja, branco de novo, etc. O objeto apareceu vindo do nada e muito repentinamente. Ele atraiu deliberadamente a atenção para si mesmo", contou Zvonimir Jurjevic
-
Estes contatos de terceiro grau se tornaram mais frequentes. E, de cada vez, o objeto não identificado aparecia 50 minutos após uma aeronave ter decolado. 
-
De acordo com Jurjevic, uma vez ele e os outros pilotos receberam ordem de fazer decolar os 4 aviões com os rádios desligados. Era necessário garantir que não se tratavam de espiões estrangeiros e que não haveria vazamento sobre os planos de voo.
-
Mesmo assim, o objeto esférico apareceu. E isso aconteceu apesar de o radar instalado na ilha de Prevalka não o conseguir detectar. O seu sinal foi finalmente captado pelos radares de dois MiG, que foram alertados para o perseguir…mas foi impossível alcançá-lo.
-
Segundo o interlocutor da Sputnik Sérvia, a origem do objeto foi nunca determinada. A última vez que os militares iugoslavos o detectaram foi em 12 de fevereiro de 1975. 
-
FONTE: sputniknews
leia mais...

RELATOS DE APARIÇÕES DE OVNIS QUE PODEM SER VERDADEIROS

As histórias a seguir são consideradas as mais plausíveis por quem estuda a existência de visitantes de outros planetas aqui na Terra. Saiba mais sobre elas e depois nos conte o que você pensa a respeito:
-
1 – O caso da liga de baseball
image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
Nick Mariana era o responsável pela liga de baseball, na cidade estadunidense de Great Falls, e no dia 15 de agosto de 1950, enquanto estava em seu carro fazendo filmagens aleatórias com uma câmera, percebeu a movimentação de objetos desconhecidos no céu de Montana. O vídeo feito por Mariana foi o primeiro a registrar a aparição de UFOs.
-
As imagens, que mostram dois pontos brilhantes cruzando o céu, foram enviadas à Força Aérea norte-americana para análise, logo depois de terem sido gravadas. Após examinar o filme, os peritos concluíram que os objetos voadores eram, possivelmente, aeronaves, já que dois comandantes afirmaram que estavam voando no horário em que os supostos UFOs foram avistados. O caso, então, foi arquivado.
-
O problema é que Mariana afirmou ter visto as duas aeronaves dos pilotos que estavam sobrevoando o local no mesmo horário do filme. A diferença é que ele não filmou as aeronaves e sim os objetos não identificados. O que deixa esse caso mais intrigante é o fato de que Mariana afirma que quando seu filme foi devolvido, depois da análise, os trechos que mostravam os objetos voadores com mais clareza haviam sido cortados. O caso nunca foi resolvido.
-

2 – Várias testemunhas

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A cidade de Melbourne, na Austrália, presenciou um evento interessante no dia 6 de abril de 1966, quando mais de 200 pessoas presenciaram um disco voador prateado, sobrevoando a cidade, pousando em um celeiro perto de uma escola e, em seguida, indo embora.
-
Nenhuma explicação sobre o assunto foi dada, mesmo com o grande número de pessoas que testemunharam o evento – vários estudantes faziam aula de educação física na escola ao lado do celeiro e muitos deles, ao mesmo tempo, apontaram para o céu, em direção ao objeto prateado. Logo em seguida, mais estudantes saíram de suas salas de aula, curiosos.
-
Todas as pessoas que viram a aeronave estranha afirmaram que ela tinha o tamanho de um carro e que, depois de algum tempo, saiu do celeiro em uma velocidade que aviões não são capazes de atingir, desaparecendo em seguida.
Os aeroportos da região não tinham registros de aviões particulares decolando no horário em que a nave foi vista – a cena toda durou aproximadamente 20 minutos. O problema é que não existem fotografias ou vídeos feitos no dia fatídico e, ainda assim, esse episódio é um dos mais comentados na Austrália.
-

3 – Na França

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A versão francesa da NASA relatou a ocorrência de objetos voadores não identificados em janeiro de 1981, no registro que é considerado o mais bem documentado de todos os tempos.
-
Tudo começou quando o fazendeiro aposentado Renato Nicolai estava cuidando de seu jardim e ouviu, de repente, uma espécie de assobio, acompanhado de uma aeronave esquisita, que, segundo ele, ficou pairada sobre o ar a uma altura de aproximadamente 2 metros por 30 segundos. Então a nave subiu rapidamente em direção ao céu, deixou um rastro de poeira e sumiu. Nicolai presenciou tudo isso a uma distância de 30 metros.
-
O governo francês estudou o caso e encontrou evidências de aquecimento e compressão no solo do local apontado pelo fazendeiro como o escolhido pela nave para se aproximar. Um material preto foi encontrado nessa região, mas ele não era resultante de resíduos de combustão ou óleo e sim de um combustível diferente, com fórmula metálica. O relatório oficial declarou que não se sabe o que houve no local, mas que certamente foi um evento estranho.
-

4 – Força Aérea

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
A sede da Força Aérea de Cheyenne, em Wyoming, nos EUA, é alvo de muita especulação a respeito de visitas alienígenas desde 1965. Nesse ano, luzes verdes e vermelhas foram vistas na região, de acordo com depoimentos de moradores. O local foi, então, considerado área de alerta máximo.
-
Em 1976 um acidente na região ficou famoso depois que o oficial Bruce Fenstermacher disse ter visto um objeto voador branco com luzes verdes e vermelhas – a aeronave tinha um formato oval alongado, descrito, à época, pelas testemunhas, como “uma forma de cigarro”.
-
Policiais foram enviados para vasculhar o local, mas o ovni- havia desaparecido dali e ido para outros lugares. Os policiais continuaram perseguindo a nave, que sumia sempre que eles chegavam perto e aparecia em outro lugar, dificultando o trabalho.
-
Depois de mais de duas horas de busca, a nave levantou voo a uma velocidade absurda e rapidamente sumiu no horizonte.
-

5 – A viagem

image
Fonte da imagem: Reprodução/ListVerse
-
Imagine que você está viajando com uma amiga e com o neto dessa amiga, em uma estrada deserta, no Texas. Essa era a situação de três pessoas em 1980, com o detalhe de que a vida delas mudaria bastante depois daquela viagem.
-
No meio da estrada, de repente, os três se depararam com um objeto imenso, brilhante, em formato de diamante, bloqueando a passagem. De tempos em tempos, chamas saíam do lado de baixo do estranho objeto, fazendo com que ele “levitasse” um pouco e depois pousasse novamente, com calma.
-
O objeto emanava muita luz e muito calor e, mesmo assim, as duas amigas desceram do carro para examinar “a coisa” mais de perto. O menino, que tinha apenas sete anos, ficou no carro. Quando as duas voltaram para o veículo, tiveram que usar seus casacos para proteger as mãos antes de abrir as portas do carro, já que as maçanetas estavam muito quentes.
-
O painel do carro, feito de plástico, estava tão mole por causa do calor que foi possível deixar uma marca de mão nele. Os três assistiram o UFO subir e disseram que vários helicópteros militares estavam circulando o objeto estranho e superquente. Um policial local confirmou ter visto os helicópteros na área relatada pelas duas amigas.
-
Os três seguiram viagem e foram observando o UFO seguir em direção contrária até sumir completamente. Eles sofreram sintomas fortes de exposição à radiação e contaminação química, incluindo insolação.
-
O caso foi parar nos tribunais, mas o governo negou trabalhar com materiais radioativos e disse não ter enviado helicópteros para o local descrito pelas mulheres e confirmado anteriormente por um policial. O juiz decidiu a favor do governo norte-americano.
-
FONTE
leia mais...

ULTIMAS ATUALIZAÇÕES

Mais Populares

 
Copyright © 2014 UFO OVNI E CONSPIRAÇÕES • All Rights Reserved.
Template Design by ORIGINAIS OADM • Powered by Blogger
back to top