Manuscritos hindu revela que a Jornada Interplanetária ja existia a 7.000 anos atrás!

Acredita-se que Bharadwaja fez cerca de 500 diretrizes descrevendo em detalhes a aviação e outras tecnologias presentes na Terra há milhares de anos. No entanto, os autores observam que os manuscritos atuais contêm apenas entre 100 e 120 diretrizes. Especialistas acreditam que os governantes estrangeiros que invadiram a Índia roubaram muitos desses manuscritos, estudando-os para produzir muitas das tecnologias que hoje vemos na Terra.

Essas relações parecem apoiar o Vaimānika Śāstra, um texto sânscrito do século XX que descreveu a tecnologia aeroespacial em detalhes, afirmando que os "Vimānas" mencionados nos antigos épicos sânscritos eram de fato aeronaves aerodinâmicas avançadas, semelhantes a foguetes modernos capazes de voar, como sugerido pela teoria popular dos astronautas antigos.
Imagem relacionada
E se as civilizações antigas interpretassem mal os visitantes estrangeiros como "deuses"?
Os textos foram revelados em 1952 por GR Josye e contêm 3000 shlokas em 8 capítulos. A propulsão dos Vimānas, segundo Kanjilal (1985), é "Mercury Vortex Engines", um conceito semelhante à propulsão elétrica.

Os autores disseram que o avião descrito é capaz de viajar entre países, continentes e planetas. Segundo os autores, isso mostra que o sistema de aviação no mundo antigo era muito avançado, mais do que existe hoje e que a maioria das tecnologias existentes na Terra há milhares de anos, antes do início da "civilização moderna" agora desapareceram completamente, desapareceram não apenas da sociedade, mas também dos livros de história.
Imagem relacionada
O que os autores apresentaram, ou seja, retirado do manuscrito, é indubitavelmente prova de que há 7.000 anos atrás havia tecnologia para viajar entre planetas. Muitos cientistas disseram que ficaram surpresos. O vice-chanceler da Universidade de Mumbai, Rajan Welukar, disse:
"não há razão para acreditar no que dizem sobre os Vedas, mas é algo que vale a pena estudar".
É interessante notar que muitos estudos ofereceram resultados contraditórios no estudo da viabilidade de "máquinas de vôo antigas". Em 1974, um estudo do Instituto Indiano de Ciências de Bangalore constatou que a aeronave descrita no Vaimānika Śāstra não era confiável em termos aeronáuticos.
Imagem relacionada
Mas, apesar desse fato, ainda existem muitos autores e estudiosos convencidos de que essas máquinas antigas eram na verdade esquemas muito avançados de máquinas de vôo. Alguns desses pesquisadores e estudiosos incentivam uma investigação agressiva de livros antigos que discutem tecnologia que pode superar nossa própria realidade no século XXI.

O capitão Anand J Bodas é citado pelo Mumbai Mirror afirma:
"a ciência moderna não é científica, porque considera coisas que não entende como impossíveis. A definição indiana ou indiana antiga de avião é um veículo que viaja pelo ar de um país para outro país, de um continente para outro continente, de um planeta para outro planeta. Naqueles dias, os aviões eram enormes e podiam se mover para a esquerda, para trás e para cima, ao contrário dos aviões modernos que só avançam em linha reta ".
 Segnidalcielo



Compartilhe este artigo

0 comentários:

Postar um comentário

Pelo menos na imaginação de muita gente, os objetos voadores não indentificados são naves de outros planetas. A ciéncia não leva isso a sério, mas algumas aparições nunca foram bem explicadas. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso

RANDOM

 
Copyright © 2014 UFOLOGIA ORIGINAIS • All Rights Reserved.
Template Design by UFOOVNI • Powered by Blogger
back to top