Mostrando postagens com marcador EGITO CASOS. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador EGITO CASOS. Mostrar todas as postagens

Papyrus revela a existência de "seres reptilianos" no Egito Antigo


A possibilidade de que inteligências não humanas tenham visitado nosso planeta é encontrada em muitos dos registros culturais antigos de nossa civilização.
Existem registros históricos que também revelam que essas inteligências eram de natureza reptiliana ou, pelo menos, foram representadas ao longo da história humana em formas reptilianas.

Desde a Serpente Nahash, no Jardim do Éden, até Atum, o homem-serpente egípcio, ou Quetzalcotl, o deus serpente dos maias, até a serpente de dupla hélice Enki / Ea na literatura suméria antiga.

Muitas civilizações antigas têm como deuses seres que podem ser classificados como reptilianos. Os antigos egípcios idolatravam o deus meio homem, meio crocodilo, Sobek.

Ele é creditado com a criação do rio Nilo a partir de seu suor e, além disso, ele era o principal fornecedor de vegetação e vida na mitologia egípcia.

De acordo com a tradução literal de um papiro, o mito da criação egípcia heliopolita é discutido. No referido papiro, é mencionado que antes da criação havia seres semelhantes a répteis, como podemos ver nas tábuas sumérias.

Mais uma vez, podemos ver as semelhanças de diferentes culturas no espaço e no tempo. Aqui está a tradução literal do papiro egípcio:
“O professor de todas as coisas disse que após seu treinamento, eu fui formado como Khepri. Quando eu fui formado, todas as coisas foram formadas.
O céu não havia sido formado, a terra não havia sido formada, o solo não havia sido criado para os répteis naquele lugar, antes de eu ser formado.
Ele ainda não havia expulsado Shu, ainda não havia cuspido Tefnut. Shu e Tefnut me chamaram a atenção, depois eu chorei e os humanos saíram das minhas lágrimas.
Eu criei todos os seres reptilianos, então Shu e Tefnut tiveram Geb e Nut e eles foram Osiris, Isis, Hous, Seth e Neftis. "


Analisando a história reptiliana na Terra dessa maneira, devemos pensar ou imaginar que, em algum momento da história, eles se estabeleceram na área mais quente (Egito).

Uma vez que, de acordo com essa lógica, se eles tivessem algum DNA reptiliano, essa área seria perfeita para existir e trabalhar na colonização do mundo, pois quando os dinossauros desapareceram, eles seriam o chefe da cadeia alimentar das espécies do mundo.

O que você acha disso? Os deuses egípcios antigos poderiam realmente ser reptilianos? Assista ao vídeo a seguir e deixe seu comentário abaixo.

VEJA O VÍDEO: https://youtu.be/j2nclZdYpDo

leia mais...

Moedas com rostos de extraterrestres encontradas no Egito??

Moedas com rostos de extraterrestres encontradas no Egito 01
Supostamente, um grupo de pessoas que trabalhavam na restauração de uma casa no sul do Egito e encontraram um número de moedas raras. Elas são únicas no seu gênero, que curiosamente não têm imagens de uma figura humana e sim uma criatura estranha semelhante a um Alienígena. Até agora, ninguém pode explicar a origem dessas peças.
É possível que a moeda retrate a visita de alienígenas no planeta Terra? De acordo com muitos ufólogos é obras de exibição por parte de seres extraterrestres.

Moedas com rostos de extraterrestres encontradas no Egito 02

Encontrar moedas com feições extraterrestres não é nada novo, porém muitas delas se dão a arte de nickeling, que teve um surto de popularidade após o lançamento das moedas de níquel no qual oferecia uma quantidade perfeita de espaço para a criação de uma nova cena, aliado ao tempo livre durante a Grande Depressão.

Confira o vídeo abaixo com as moedas supostamente encontradas no Egito



fonte - outromundo
leia mais...

Alienígenas do Passado - Evidências Incontestáveis no Egito

Alienígenas do Passado - 1ª Temporada - Evidências Incontestáveis no Egito


Os segredos da Pirâmides de Gizé Que a nossa tecnologia ainda não alcançou.
Como os homens que viviam na idade da pedra poderiam construir monumentos gigantescos com pedras que pesam varias toneladas?

Será que nossos ancestrais tiveram ajuda de extraterrestres?

Ufos alertas
leia mais...

Deuses e alienígenas no Egito antigo (vídeo)

Por algum tempo, entre a comunidade de cientistas dedicados ao estudo do Egito antigo , surgiu uma questão sobre a origem da humanidade.
Os faraós egípcios eram híbridos extraterrestres? Alguns se perguntam com muita frequência; É possível que os seres humanos não sejam nativos da Terra, como sugerem alguns? Muitos outros são consultados.

Nesse contexto cheio de incertezas, dúvidas e enigmas, existe uma grande massa da sociedade que entende que o Egito está cheio de mistérios.

A construção da grande pirâmide ou mitologia antiga gera situações que confundem os estudiosos, considerando que eles estavam bem à frente de seu tempo. E Akhenaton parece ser o único, enfrentando estudos que geram polêmica.

Akhenaton era diferente de todos os faraós até agora detectados. Ele tinha olhos grandes e muito longos, uma barriga muito abaulada, seios deformados como se fossem de uma mulher; braços muito longos e, o mais surpreendente, um crânio suspeito e alongado.

Embora seja sabido que houve outras civilizações humanas que visitaram a Terra nos tempos antigos, até agora não há outras conhecidas que eram crânios alongados.

Além disso, o jovem estranho foi apelidado de faraó rebelde por causa das grandes mudanças religiosas que ele promoveu. É que Akhenaton decidiu deixar o culto aos vários deuses que estavam lá e adorar um único deus, o deus Atón.

Tanto o estranho monarca como Nefertiti se proclamaram representantes absolutos do deus Sol de todo o planeta. Seu símbolo era um disco solar com raios que acolhia tudo ao seu redor, o que poderia representar uma espaçonave extraterrestre.

Tão forte foi o culto de Akhenaton, que ordenou a construção da nova capital chamada Ajetatón, uma cidade na qual era feita de vários pátios e jardins que adoravam o Deus do Sol. Vamos agora continuar com outra personalidade egípcia.
Era Imhotep um extraterrestre o humano?

Embora isso possa parecer uma pergunta engraçada no início, na verdade traz alguns pontos muito bons sobre o Imhotep que muitas pessoas não conhecem. E alguns desses pontos fazem com que pareça quase divino ou sobrenatural de alguma maneira.

Para começar, para quem não sabe quem era Imhotep, ele era basicamente a mão direita do antigo faraó egípcio chamado Djoser, que fundou a Terceira Dinastia do Egito e começou o que hoje chamamos de era do Reino Antigo nos tempos antigos.

Como Vizier e arquiteto chefe de Djoser, Imhotep desempenhou um papel extraordinariamente importante, não apenas para o reinado e legado de Djoser, mas também para a futura direção dos grandes projetos de construção egípcios.

Imhotep era tão importante para Djoser e o Egito na época que ele mereceu menção pelo nome nas estátuas do faraó e nos manuscritos em papiro que registravam a história e as lendas egípcias.

E foi a partir de algumas dessas menções a Imhotep, incluindo as histórias dele possivelmente descendentes de deuses como os faraós e também dele lutando contra os inimigos do Egito com poderes sobre-humanos, que alguns começaram a ver sua origem e presença como "outro mundano ".

Quando os antigos gregos chegaram ao Egito, muito tempo depois de Djoser e Imhotep, viram os relatos históricos de Imhotep como algo extraordinário e o elevaram ao estado de Deus em seus próprios relatos traduzidos da história egípcia.

Agora, os fenômenos UFO e os amantes da conspiração afirmam que há um elo inegável entre o Antigo Império Egípcio e os alienígenas. Abaixo está um vídeo interessante com mais informações sobre esses dois personagens.
leia mais...

Quem governou o Egito antes dos faraós? (Vídeo)

O verdadeiro Canon de Turim é um documento que abriga informações sobre os tempos mais remotos da história da humanidade.

Neste papiro, que é feito na escrita hierática, uma lista de todos os governantes do Egito está documentada em grandes detalhes, e na qual os faraós de cada dinastia e o tempo em que governaram aparecem.

Este documento foi encontrado em muito bom estado próximo a Luxor pelo italiano Bernardino Drovetti em 1822 e, devido à doação feita pelo rei da Sardenha, atualmente está preservado no museu de Turim.

Dizem que este museu teve que recompor o papiro ao recebê-lo fragmentado em 160 pedaços, devido às péssimas condições sofridas durante o transporte.

O papiro aponta como a primeira pessoa encarregada do governo do Deus criador do mundo de Ptah, que é sucedido por vários outros deuses, como Ra, Shu, Geb, Osíris, Sete e Hórus, e, em suma, é apresentado que a regência divina do país durou 12.300 anos

Após esse grupo, a responsabilidade do governo recaiu sobre um segundo grupo de deuses responsáveis ​​por 1.570 anos de realização da transição entre o reino divino e o humano.
Este segundo grupo foi sucedido por uma das figuras mais misteriosas mencionadas no texto, o Shemsu Hor ... os seguidores de Hórus, cujo governo se estendeu por 6.000 anos.

Nas poucas menções encontradas nas quais é feita referência a esses seres, o texto se refere a eles como "os brilhantes", sendo vários autores que atribuem a eles um caráter semi-divino.

Não há muito mais informações sobre o shemsu hor, cujo reinado parece ter ocorrido durante o período em que as grandes pirâmides e a esfinge poderiam ter sido construídas.

Depois do governo, o Shemsu Hor iniciou o governo dos homens. Infelizmente, o início e o final da lista foram perdidos, portanto não há introdução e conclusão para facilitar o enquadramento preciso do contexto cronológico.

Outra fonte que alude ao reinado dos deuses do Egito é o historiador grego Heródoto. Ele faz referência no livro II de seu compêndio histórico às conversas realizadas com padres egípcios.

Além de Herodóto, existem vários autores que documentaram por escrito a crônica secreta do país. Quer saber mais? Assista ao vídeo a seguir e deixe seu comentário abaixo.

leia mais...

Antigo texto egípcio detalha um poderoso avistamento de OVNIs


Este misterioso texto antigo oferece evidências convincentes de um forte avistamento de OVNIs que ocorreu por volta de 1480 aC no antigo Egito, no meio do reinado de Tutmés III.
.
Nos textos antigos você podia ver como eles apontavam que havia muitos objetos que varriam o céu mais do que o próprio Sol até os limites dos quatro suportes do céu, e eles batizaram aquele instante como "a posição dos discos queimados que eram no céu".
.
A civilização egípcia antiga por muitos anos teve alguma ligação com super-homens enigmáticos ou realizações onipotentes e incríveis. Considerada uma das civilizações mais avançadas da antiguidade, os antigos egípcios foram capazes de coisas incríveis ao longo de sua história e foram altamente sofisticada em diferentes aspectos, tais como engenharia, arquitetura, astronomia e ciência.
.
No entanto, muitos se perguntam onde todo esse conhecimento se originou com os antigos egípcios, e quem eram os hipotéticos "semideuses" e "deuses" que aparecem em muitos de seus escritos.
Antigo texto egípcio detalha um poderoso avistamento de OVNIs
O papiro de Tulli o texto do antigo Egito que detalha a observação de alguns OVNIs de fogo
Deite a maioria das pessoas só tem conhecimento das histórias ou textos egípcios mais famosos como a Lista de Reis Turim e a Pedra de Palermo, apenas a um pequeno grupo de pessoas sabem sobre a existência de um documento pertencente ao antigo Egito chamado "The Papiro de Tulli ".
.
Em vez de ser um "Papiro" Papiro Tulli, é na verdade uma tradução de uma réplica moderna de um documento antigo do Egito, que registra o que poderia ter sido um avistamento de OVNI poderosa que detalha como "Ovnis Fire" .
.
Este documento do Antigo Egito é o mais antigo conhecido na história que fala sobre avistamentos de OVNIs?
.
Este texto misterioso da antiguidade egípcia é citado por muitos como o mais importante que detalha a visita de seres que foram referidos como "Os antigos astronautas" para o Egito há milhares de anos.
.
O Papiro de Tulli detalha com grande precisão, um poderoso avistamento de OVNIs que ocorreu na antiguidade do Egito no meio do reinado de Tutmés III. Este papiro está nas mãos do ex-diretor do Museu Egípcio, no Vaticano.
.
Este antigo documento é considerado por seus entendedores como o mais antigo a ser registrado que fala de uma frota de discos voadores detalhados em um papiro há milhares de anos no Egito.
Antigo texto egípcio detalha um poderoso avistamento de OVNIs
Poderia ser uma farsa?
.
Este papiro foi traduzido por Boris de Rachewiltz, que era o príncipe naquele tempo no Egito e apontou que o papiro fazia parte dos "Anais de Tutmósis III". No entanto, nada nos escritos refere-se ao faraó de alguma forma pelo nome, o que parece um pouco infeliz.
.
Uma das coisas mais incríveis e misteriosas encontradas no texto antigo são os misteriosos "Círculos de Fogo" que voaram pelos céus do antigo Egito pelo menos duas vezes. Muitos questionaram as credenciais do príncipe Rachewiltz, mas a verdade é que ele era um famoso estudioso e hoje em dia ainda há muitas de suas obras disponíveis e estão em grande demanda hoje.
.
A maioria dos especialistas concorda que sua tradução em relação ao Papiro de Tulli é muito aceitável. Mas o mais importante é que tanto o documento quanto a tradução são considerados por um grande número de especialistas como "autênticos", e não é um embuste.
Antigo texto egípcio detalha um poderoso avistamento de OVNIs
O que as traduções do Prince Boty dizem?
.
Há duas traduções independentes do texto antigo do Egito, uma feita pelo príncipe Boris e a outra por Cedric Leonard, especialista em antropologia. A tradução do príncipe Boris dizia o seguinte:
"No ano número 22, o terceiro mês do inverno, sexta hora do dia, no meio dos escribas da Casa da Vida foi encontrado um círculo de fogo que veio do céu. Embora ele não tivesse uma cabeça, a boca larga tinha um cheiro extremamente repugnante.
Seu corpo tinha um comprimento de uma haste longa (aproximadamente 46 metros) e ele não tinha voz. Agora, depois de passar alguns dias, essas coisas eram mais numerosas a cada vez. Brilhando no céu, mas o que o mesmo sol na borda dos quatro pilares do céu. A posição ocupada pelos círculos de fuero era poderosa. O exército do rei que os admirava e a sua majestade estava no meio de tudo. Foi depois do jantar que eles imediatamente saíram (círculos de fogo) pegaram a estrada para o sul. Pássaros e peixes caíam do céu. Foi uma maravilha que nunca aconteceu desde a criação. O que aconteceu no livro da Casa da Vida será lembrado por toda a eternidade ".

misterio.tv
leia mais...

Artefatos alienígenas foram descobertos no Egito e ocultados pelo Museu Rockefeller?


A comunidade que estuda o fenômeno dos OVNIs está agitada com alegações de que artefatos egípcios da antiguidade, que teriam sido descobertos na antiga residência do egiptologista Sir William Petrie, poderiam reescrever a história do antigo Egito e, consequentemente, do mundo Um vídeo liberado no YouTube pelo site Paranormal Crucible alega mostrar artefatos esculpido do antigo Egito que teriam sido originalmente descobertos no “complexo de Guiza”, mas depois retirados da antiga residência de Petrie, em Jerusalém, por representantes do Museu Arqueológico Rockefeller, logo após terem sido descobertos.
Artefatos alienígenas Sir-William-Petrie
Sir William Petrie.

De acordo com Shepard Ambellas, editor chefe do site de notícias alternativas Intellihub News, os artefatos egípcios foram descobertos numa sala secreta atrás estante de livros do egiptologista.  


Aparentemente, Petrie tinha encontrado prova da existência de vida extraterrestre na Terra antes de morrer em 1942, mas preferiu esconder as provas em sua casas de Jerusalém.  Agora que o Museu Rockefeller se apoderou dos artefatos, os estudiosos do fenômeno dos OVNIs temem que eles nunca poderão ser acessíveis ao público.


Porém, Ambellas alega que algumas das relíquias podem ser vistas no Museu Petri de Arqueologia Egípcia, em Malet Place, Cadem, próximo da Rua Gower, em Londres.

O site The Inquisitr conseguiu confirmar que o prestigioso Museu Petri de Arqueologia Egípcia tem em sua posse uma vasta coleção de artefatos egípcios e sudanêses da antiguidade, inclusive os tecidos e vestidos mais antigos do antigo Egito (5.000 A.C.).  


O museu também apresenta esculturas de leões do templo de Min, em Koptos, bem como os produtos mais antigos de metalurgia de civilizações antigas.  Porém, o site não foi capaz de confirmar que o museu tinha à mostra “artefatos alienígenas do Egito” recuperados de uma sala secreta na antiga residência em Jerusalém de Petrie.


Contudo, as pessoas que acreditam nestas alegações presumem que as relíquias mais sensíveis de origem alienígena estão sendo mantidas ocultadas do público.
Ambella alega que entre os artefatos que teriam sido encontrados na residência de Petrie, os quais conectam a civilização do antigo Egito com uma civilização extraterrestre avançada, estavam dois corpos mumificados com menos de 1,20 de altura.  


Embora anões e pigmeus capturados no interior da África fossem considerados como “seres celestiais” no Egito antigo, e serviam em altas posições, Ambellas especula que estas pequenas criaturas sejam provavelmente “alienígenas em natureza”, e assim literalmente de origem “celestial”.
Artefatos alienígenas possíveis-corpos-mumificados-de-ETs
Os corpos teriam cabeças alongadas e cavidades oculares enormes, com braços longos.

Detalhes das características físicas dos corpos mumificados parecem dar apoio à sugestão de que eles seriam “possivelmente de natureza extraterrestre”.  De acordo com Ambellas, os esqueletos teriam “cabeças alongadas e cavidades oculares enormes, com braços longos“.
Artefatos alienígenas petrie5
Um dos artefatos que teria sido encontrado na sala secreta, atrás da estante de livro de Petrie, parece mostrar uma cabeça alienígena com símbolos gravados ao lado.
Artefatos alienígenas nave-alienígena
Símbolos ao lado da alegada cabeça de ET mostra o que poderia ser uma nave emitindo raios de luz.

Igualmente interessante seriam os dispositivos mecânicos “altamente avançados”, inclusive um disco de ouro com o topo transparente, encontrado com os corpos alienígenas.  


Segundo Ambellas, um dos dispositivos possui “um mecanismo intricado que é cercado por um tubo espiral de ouro, o qual possui várias esferas e cruzes douradas anexadas a ele“.  Os dispositivos tinham símbolos que não casavam com os do antigo Egito, como mostrado na imagem abaixo.]
Artefatos alienígenas petrie4
Alegado dispositivo alienígena poderia ser um instrumento de navegação.
Para dar respaldo às alegações acima, segundo o site inquisitr.com, vários sites de notícias sobre OVNIs e alienígenas reportaram que em novembro de 201o o Dr. Alaaeldin Shaheen, Reitor da Faculdade de Arqueologia da Universidade de Cairo, admitiu, em resposta à uma questão sobre ligações entre os ETs e as pirâmides, que as pirâmides do antigo Egito não são deste mundo.
“Não posso confirmar, nem negar isto, mas há algo dentro da pirâmide que não é deste mundo.”
Contudo, mais tarde ele negou o relato que havia circulado.
“Eu não dei uma declaração estúpida sobre alienígenas e pirâmides.  Como egiptólogo eu não poderia dizer tais palavras e ideias estúpidas.”
Obviamente, tal negação não impressionou os estudiosos do fenômeno dos OVNIs, que dizem haver um acobertamento quando autoridades e acadêmicos negam ter revelado tais declarações que foram anteriormente creditadas a eles.

O debate continua sobre o porquê do Sir William Petrie e seus colegas manterem em segredo o que seriam notáveis artefatos e não liberá-los ao público em geral.

Veja abaixo o vídeo publicado no YouTube, sobre estes assunto:


Fonte: 

http://feeds.feedburner.com/CuoUfologiaOriginais

Alerta OVNIs Ufos

Pelo menos na imaginação de muita gente, os objetos voadores não indentificados são naves de outros planetas. A ciéncia não leva isso a sério, mas algumas aparições nunca foram bem explicadas. Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso


leia mais...

Sinais de "atividade extraterrestre" descobertos no túmulo do rei Tutankhamon (Arq.)

atividade extraterrestre descobertos no túmulo do rei Tutankhamon
Conforme relatado pelo tabloide Egípcio egípcio Ruas , o Ministério egípcio de antiguidades anunciou que alguns sinais de " atividade extraterrestre " foram descobertos após os exames de radar do túmulo do rei Tutankhamon.
-
As varreduras de radar, de acordo com o arqueólogo francês Avril Sap, refutam teorias de que o túmulo da rainha Nefertiti está escondido atrás que do rei Tutancâmon e em vez revelam que se escondem por trás dessas paredes segredos "extraordinários" "fora de contato".
image
De acordo com Avril Sap, os scans também revelaram material "misterioso e extraterrestre" que parecia se assemelhar a um corpo. No entanto, tanto os funcionários da Sap quanto aqueles que não têm o nome de Antiguidades recusaram-se a responder a perguntas sobre se esse corpo misterioso poderia ser "de origem alienígena".
-
"Nós não sabemos o que é, mas nós nunca vi tais resultados como nunca antes", disse o arqueólogo Avril Sap, que descobriu por acaso dois ossos de dinossauros na Grande Pirâmide de Gizé, há dois anos, em 1 de Abril, 2014. "Tudo o que está nele poderia esconder o segredo de tudo o que está por trás da história e da tecnologia do antigo Egito".
image
As teorias de que os alienígenas construíram as pirâmides foram quase sempre rejeitadas pelos principais arqueólogos, incluindo proeminentes egiptólogos e autoridades do governo egípcio. Recentemente, alguns ufólogos e conspiradores disseram: "As pirâmides foram construídas por seres de outros mundos".
-
Em 2010, Zahi Hawass, ex-ministro de Antiguidades, mais conhecido como Indiana Jones do Egito, disse a alguém para "calar a boca" quando perguntado em um documentário se os alienígenas haviam construído as pirâmides. "Isso é estúpido!", Gritou Zahi Hawass. Evidentemente, Hawass provou ser um desinformador proeminente, porque ele sabia e sabia muito bem o que está por trás da verdadeira história das Planícies de Gizé, sobre quem realmente construiu as Pirâmides.
image
O Egito continuará a realizar varreduras de radar para determinar como entrar na câmara oculta sem danificar nada no interior.
"O que descobrimos aqui trará turistas de todo o mundo", disse uma autoridade de antiguidades, referindo-se à crise do turismo no Egito. "Eles nem inventaram algo como o Tesouro Nacional ou o Indiana Jones. Isso é uma revolução. "
-
FONTE:Todos os direitos reservados © Copyright Segnidalcielo-Web Magazine
-
leia mais...

O "Stargate" escondido no Templo Solar de Abu Gurab

Os templos solares de Abu Gurab podem ser considerados antigos Portais Estelares, portais estelares para entrar em contato com divindades e seres extraterrestres.
image
As tradições ancestrais dos nativos egípcios e as novas investigações sobre os chamados Templos do Sol de Abu Gurab descrevem uma função do Stargate, criado através das ressonâncias harmônicas dos templos.
-
Tais portais estariam autorizados a entrar em contato com antigas divindades ou alienígenas ancestrais. Os templos solares de Abu Gurab estão localizados a cerca de 15 quilômetros das pirâmides de Gizé e fazem parte do complexo piramidal de Abusir.
-
Eles foram construídos com calcário, granito vermelho e alabastro. Nesta cidade descobriram duas ruínas, a de Niuserra e a de Userkaf. O templo solar de Niuserra foi escavado entre 1898 e 1901 pelos egiptologistas Ludwig Borchardt e Heinrich Schäfer.
-
O templo Userkaf foi escavado nos anos 60. O templo solar de Niuserra é o mais bem preservado. Segundo os arqueólogos, suas ruínas mostram uma configuração semelhante à de outros templos solares no Egito:
Um enorme obelisco central e um altar para realizar rituais, com ambos os edifícios cercados por uma parede. O templo é arcano e silencioso, com vários edifícios que se destacam pelo seu tamanho e desenho preciso.
-
O obelisco era alto e maciço, como pode ser visto em suas fundações e nos escombros da área (acredita-se que poderia ter cerca de 70 metros de altura). O grande altar frontal é impressionante, pois possui um desenho geométrico hipnótico (tem sido relacionado à geometria sagrada).
image
O Templo Solar de Abu Gurab, poderia ser portais de seres extraterrestres chamados "Neters"
Os arqueólogos concluíram que os templos foram construídos pelos faraós da dinastia V, em 2400 aC aprox. O objetivo era para cerimônias funerárias dedicadas ao deus Ra (deus solar).
No entanto, de acordo com as tradições indígenas, esses templos são mais antigos e os faraós só os restauraram e preservaram. Abd'El Awyan Hakim (1926-2008) foi um estudioso das tradições indígenas do Egito, particularmente o ancestral folclore Kemet, o primeiro nome antigo do Egito.
-
Awyan Hakim disse Abu Gurab foi projetado para elevar os níveis de consciência espiritual através de ressonância harmônica, uma amplificação harmônica energia processo que seria gerado pelas vibrações de edifícios alabastro, como o grande altar ou plataforma geométrica obelisco da pirâmide iminente.
-
Este nível de consciência nos permitiria entrar em contato com os Neters, que seriam uma espécie de seres extraterrestres ou entidades de energia sagrada no Universo.
Dr. Stephen Mehler é outro estudioso do folclore egípcio (ele era um estudante de Hakim Awyan). Em seu livro Land of Osiris, conta uma lenda que descreve um tipo de "aterrissagem" dos Neters, que aparecia em forma física, na mesma localização de Abu Gurab.
-
Certamente esta tradição egípcia poderia descrever um Stargate ou Porta das Estrelas, uma vez que eles falam de contato com seres extraterrestres (ou extradimensionais) através de um portal criado com ressonâncias harmônicas.
Arqueólogos acreditam que pode haver muito mais desses templos solares na área de Abu Gurab, o que você acha? Assista ao vídeo a seguir e deixe seu comentário abaixo.
leia mais...

Asas do Escaravelho podem ser a resposta "Antigravidade" usada para construir as Grandes Pirâmides no Egito

imageAs pirâmides são um dos maiores enigmas da humanidade, até hoje eles estão discutindo sua verdadeira função. A ciência está cada vez mais surpresa por eles e suas novas descobertas. De fato, há alguns dias publicamos um artigo sobre uma descoberta estranha feita na Grande Pirâmide de Gizé.


Uma equipe de pesquisadores alemães e russos descobriu que a pirâmide de Gizé, no Egito, centraliza, ou melhor, transmite energia eletromagnética para as câmaras internas e concentra-se no fundo subterrâneo.
imageAgora, os pesquisadores estão estudando a imagem do escaravelho egípcio, chamado kheperer, tornou-se um símbolo imortal da mitologia egípcia, um favorito daqueles que amam ícones ou tentativas de imitar a arte dos povos antigos: o geroglifo representando o escaravelho humilde Ele apontou para Khepri, o deus da aurora, outra versão de Ra, o deus do sol.


Os antigos egípcios acreditavam que o besouro macho preservar a sua própria semente nas bolas de esterco que foi então rolam como Khepri moveu o sol no céu, que é por isso que nas lendas egípcias o inseto se tornou um emblema da génese, renascimento e força de vida.
imageSímbolo da vida que se regenera, o escaravelho era frequentemente representado com os símbolos do sol (veja foto acima) com as asas e as pernas do falcão, assim como o disco solar.

Scrabble e antigravidade


Agora o especialista Dan A. Davidison explica a base das conclusões Viktor Grebennikov e como alguns insetos realmente voando (levitação) e se referem como um vórtice rotativo (vórtice) que cria um campo magnético que neutraliza a gravidade. Uma descoberta muito interessante. Um efeito eletrostático no nível nano também pode ocorrer.
imageVortex é um sistema mais simples e mais direto para mudar o equilíbrio dos chamados "raios" da gravidade, depois o movimento. O átomo está em equilíbrio quando está parado no espaço, se recebe um movimento, a força que entra determina uma "pressão" maior em direção ao espaço de contenção do próprio átomo naquela direção e, conseqüentemente, uma "depressão" em direção ao lado oposto. . Essa variação de "pressão" altera o fluxo da "depressão" da gravidade, dos "raios" da gravidade, concentrando-os em direção ao ponto de equilíbrio, no meio da estrutura do átomo.
image
imageEntão o átomo vem apresentar maior gravidade ao redor da posição central. Se a matéria, que foi colocada em movimento, faz um movimento circular em torno de um eixo, perpendicular ao plano tangente à terra, um aumento na gravidade ocorre para cima e para baixo (assim como radialmente).


Mas há também um aumento na repulsão da Terra, um valor que cresce à medida que a velocidade aumenta, até que anula a força de atração da gravidade da Terra e além, obtendo um movimento ascendente.


A matéria sujeita a esse movimento circular também determina outros efeitos, por exemplo, desenvolve campos magnéticos que, se coletados adequadamente, podem ser transformados em energia. Esta é a antigravidade criada pelo sistema "vortex".
image
o besouro também é representado em um círculo de colheita que apareceu em um campo de trigo em Alton Priors, Wiltshire, Reino Unido - 21 de agosto de 2005

Agora, com essa descoberta, diz-se que talvez os antigos egípcios usassem essa técnica para construir as pirâmides. Uma teoria nova e interessante que poderia resolver todo o enigma da construção destes edifícios misteriosos e enormes.



Um fato muito curioso, no experimento, foram usadas as asas de besouros, insetos que até mesmo os egípcios adoravam. Poderia ser a resposta?
leia mais...

O medalhão do faraó: a conexão extraterrestre (Vídeo)


.
Em janeiro de 2011, após as revoltas ocorridas no Egito, muitos tesouros foram retirados do Museu do Cairo, e entre eles, presumivelmente, esse medalhão precioso, colocado à venda mais tarde no mercado negro.

A aparição, em 2003, de um medalhão que possui todas as características de ter sido a principal propriedade e símbolo de poder daquele faraó que o possuía, com sinais inconfundíveis em suas gravuras, exige reflexão.
.

Se for verdade a parte e não o produto de uma conspiração, como foram as origens do homem na terra, sua evolução eo contato deve ser com seres extraterrestres, que sabe que vieram de onde e talvez até mesmo influenciado marcadamente na desenvolvimento de nossa espécie.
.
A descoberta desta peça no Egito, cujos estudos levaram muitos anos, marcou uma característica que a distingue, por ter um sinal muito marcado do que poderia ser considerado como um encontro mais do que próximo entre civilizações, e que teria sido feito pelo trabalho Anunnaki corroboraria o que fomos contatados no passado, uma realidade cada vez mais próxima da confirmação.
.
A partir desse paleontólogo descoberta Steve Winwood (que 10 anos mais tarde foi acusado no Egito e detenido- por violar as áreas proibidas onde investigados), tudo caiu em um fato ainda mais intrigante. A peça foi real? Foi vendido no mercado negro?


Sem dúvida, se há alguma coisa que distingue este medalhão imaculada estão algumas imagens gravadas surpreendentes, que a partir do momento em que veio a luz gerada suspeita, desconfiança, intriga e uma série de outros sentimentos entre os egiptólogos e cientistas que supostamente estudou .
.
Não há dúvida de que o rosto de um humanóide potencialmente um alienígena, um sol que está vindo de trás e no fundo, a imagem indubitável de um navio em forma de um disco voador, como os destacados no banner que popularizou em meados do século passado. E para completar o impacto da imagem, dois faraós aparecem recebendo os raios do sol refletidos pelo alienígena.
.

Dada a localização da descoberta e algumas das inscrições, o Professor Winwood sempre considerou que o medalhão poderia estar ligado aos tempos da Atlântida, o continente perdido.
.
Nesse contexto, devemos considerar que o filósofo Platão se referiu a essas questões em suas análises e escritos. E que a idade do medalhão do Faraó está de acordo com os tempos em que a Atlântida deveria ter desaparecido como continente.
.
Para o paleontólogo, a mensagem gravada era uma advertência sobre o fim de um ciclo galáctico. Algo que, com o aparente desaparecimento da peça, permaneceu na escuridão das sombras .. O que você acha? Assista ao vídeo abaixo e deixe seu comentário abaixo.
leia mais...

Cientistas confirmam que o amuleto de Tutancâmon é de origem extraterrestre


O antigo Egito fornece a base para grande parte da pesquisa da história alternativa. A arquitetura monumental, o sistema de escrita, a arte e a religião são atraentes para os povos modernos há séculos.
.
O material remanescente e a cultura do antigo Egito geraram centenas de especulações. Nos últimos anos, o antigo Egito tem sido um ponto-chave para justificar a ideia de que alienígenas visitaram a Terra. De filmes como Stargate à série televisiva do canal de História "Ancient Aliens" , o argumento de que a civilização do Egito estava relacionada a seres extraterrestres já faz parte de nossa cultura.
.

Mas há evidência de tal conexão? Especialistas no campo afirmam que há pinturas de túmulos egípcios antigos mostrando um extraterrestre típico "cinza" . Para muitos, esta é uma das chaves mais importantes da intervenção extraterrestre em nossa história antiga.
.
A imagem em questão vem do túmulo de Ptahhotep, um escriba que era um gerente de praticar Dyedkara-Isesi, faraó do Alto e do Baixo Egito durante a Quinta Dinastia. Mas agora poderia haver outra evidência dessa estranha conexão. Os cientistas mostraram que o amuleto de Tutancâmon é de origem extraterrestre.
.
Outra evidência da conexão extraterrestre de Tutancâmon
.
Em 1922, o arqueólogo britânico Howard Carter descobriu a tumba intacta de Tutancâmon, um faraó pertencente à XVIII dinastia egípcia que reinou quase 3.300 anos atrás. Quando Carter entrou na tumba pela primeira vez e foi perguntado se ele podia ver alguma coisa, ele respondeu: " Sim, coisas maravilhosas" .
.
A câmara funerária de Tutancâmon estava cheia de estátuas de marfim, objetos de ouro e jóias preciosas. Em um baú, Carter descobriu um grande pingente, armadura decorada com ouro, prata, pedras preciosas e vários estranha pedra que Faraó tinha em seu peito .
.
O amuleto mostra o deus Ra como um escaravelho alado, feito de uma pedra preciosa verde-amarela, e com o Sol e a Lua sobre ela.
amuleto de tutankhamun extraterrestre - Os cientistas confirmam que o amuleto de Tutankhamon é de origem extraterrestre
Por muito tempo a pedra estranha, chamada lechatelierita, tem sido controversa. Mas de acordo com um novo estudo revelou este mineralóide é de origem extraterrestre, mais especificamente, foi formado por um impacto de meteorito cerca de 29 milhões de anos atrás.
.
A descoberta publicada na revista Geology sugere que o cristal amarelo era feito de um mineral chamado reidite, que só pode ser criado por uma explosão de meteorito na atmosfera da Terra.
.
O principal autor da pesquisa, o dr. Aaron Cavosie, do Centro de Ciência e Tecnologia Espacial da Escola Curtin de Ciências da Terra e Planetárias, na Austrália, disse que os cientistas discordam sobre se o vidro foi formado durante a pesquisa. o impacto de um meteorito, ou durante uma explosão de ar, que ocorre quando os asteróides chamados objetos próximos da Terra explodem e depositam energia na atmosfera da Terra.
"Ambos os impactos e explosões de ar de meteoritos pode causar fusão, no entanto, apenas o impacto de meteoritos criar ondas de choque que formam minerais de alta pressão, de modo a encontrar evidência de reidita anterior confirma que foi criado como um resultado de um impacto de meteorito ", disse Cavosie.
Embora isso não resolva todo o mistério, já que também não está claro como o cristal do deserto se tornou parte dos tesouros de Tutancâmon . Evidências arqueológicas sugerem que havia um antigo sistema de rotas de caravanas ao redor do planalto de Gilf Kebir, mas não parece que as rotas fossem usadas para procurar ou trocar cristais de vidro do deserto. Parece que a peça usada para o besouro foi descoberta por acaso ou talvez um presente exótico.
.
Além disso, continua sendo o único objeto conhecido em que um artista egípcio usou esse material misterioso.
amuleto extraterrestre de tutankamon - Cientistas confirmam que o amuleto de Tutancâmon é de origem extraterrestre
Então nós planeamos outra possibilidade, e isso é que Tutancâmon tinha conexão com raças extraterrestres . Como dissemos antes, há muitos que acreditam que a antiga civilização egípcia foi influenciada por seres de outros mundos que vieram ao nosso passado como deuses. Eles ajudaram na elaboração das pirâmides e outras invenções avançadas para o seu tempo. Além disso, esta não é a primeira vez que um objeto do faraó Tutancâmon tem uma origem extraterrestre.
.
Em 2016, outra investigação revelou que um dos dois punhais encontrados por Howard Carter no túmulo do faraó egípcio veio do céu . Os pesquisadores confirmaram a origem extraterrestre do ferro que foi usado para esculpir uma das muitas obras-primas de Tutancâmon, com um acabamento fino e pequenos detalhes.
.
Como aconteceu com o talismã, a arma veio dos restos de um meteorito. O que a ciência não conseguiu explicar é como o jovem faraó possuía tantos objetos criados com rochas espaciais. Então todo mundo tem sua própria opinião, e para nós é a conexão extraterrestre.
Qual a sua opinião sobre o amuleto de Tutancâmon? Foi um presente de civilizações extraterrestres?
leia mais...

RANDOM

 
Copyright © 2014 UFOLOGIA ORIGINAIS • All Rights Reserved.
Template Design by UFOOVNI • Powered by Blogger
back to top